quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Oi amigas lindas... como andam as coisas por ai? Aqui está tudo caminhando bem, com a Graça de Deus!
Hoje meu dia foi todo certinho...
*R.A. em dia   \0/
Tomei 2 l. água, 5 xícaras de chá, comi de 3 em 3 hrs, 2 frutas, verduras, nada de doce, nem fritura ... \0/
*A.F. em dia   \0/
* 1 hora de esteira... *___*
* 30 min. de musculação  *___*
* 30 minutos de aula de jump  *___*
* 1 h e 30 m de treino muay thai... *___*
Total de pontos:

Uau!, nem acredito que estou conseguindo fazer tanta A.F. rsrs, me esforço bastante pra poder compensar se acaso cair em tentação e acabar comendo alguma guloseima, já que me considero uma formiga, sou louca por doces e besteiras...

6 motivos para você ir à luta

Entrar em forma na base de socos e pontapés não é coisa de menino, não. As mulheres estão se rendendo para valer às aulas de lutas e artes marciais na academia, onde a oferta dessas modalidades está mais generosa do que nunca. Benefícios não faltam: além de menos gordura e músculos definidos, alívio do stress, sexo mais gostoso e uma força para a autoestima

Luta
Musculação, bike e localizada vão ter sempre público cativo na academia, mas, agora, as mulheres estão aderindo a opções, vamos dizer, mais agressivas contra as gordurinhas e a favor de um corpo desenhado: as aulas de boxe, muay thai, MMA e outras lutas que antes eram dominadas pelos rapazes. Ainda mais depois que a atriz Carolina Dieckmann surgiu linda e sarada como a namorada de um lutador em Fina Estampa e contou que se jogou no muay thai para se preparar para o papel. De fora, as atividades parecem truculentas e, apesar de renderem uma canela roxa às vezes, a ideia não é se machucar nem mostrar que é mais forte que a adversária. Emagrecer, relaxar e conquistar mais saúde é o que você lucra quando decide ir à luta. 

1. Tchau, calorias
"Em uma aula de boxe, em que você corre e pula corda para aquecer, salta e movimenta braços e tronco, gasta perto de 800 calorias", fala Fábio Grieco, professor da Reebok Sports Club, em São Paulo. Mas o resultado é ainda mais animador: um estudo da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, revelou que exercícios intensos, que trabalham ao máximo o aproveitamento de oxigênio pelo organismo prolongam a queima de energia até 14 horas depois que você parou de malhar. Alguma dúvida de que as lutas e artes marciais estão nessa categoria?

2. Músculos na Medida
Não desanime achando que vai ganhar braços grandes demais ou ficar com o corpo masculino se começar a lutar. Esse tipo de treino não faz os músculos bombarem, pelo contrário. "Além de ser ótimo para secar gordura, o exercício define o corpo sem aumentar a massa muscular. Neles, o foco não é hipertrofia", explica Mauro Cardaci, coordenador de lutas da Bodytech, em São Paulo. Combinando mais de uma modalidade de aula, você consegue tonificar a musculatura do corpo inteiro por igual. O boxe, por exemplo, modela braços, ombros e costas, enquanto no taekwondo, os membros inferiores são mais trabalhados, porque a aula mistura uma variedade de chutes. O muay thai é completo - você exercita socos, chutes e joelhadas. Todas têm em comum a malhação para o abdômen, que precisa estar ativado o tempo todo. E mais: para dominar os golpes, você precisa treiná-los à exaustão. "Cada movimento chega a ser repetido mais de 100 vezes em uma aula, o que aumenta o gasto calórico e contribui para definir os músculos", comenta Letícia Klimas, professora da Bio Ritmo, em São Paulo.

3. Estressou? Vá lutar!Sabe aquele dia em que você precisa se segurar para não mandar o chefe passear? Ou quando quer sentar e chorar de tanta coisa que tem para fazer? Soltar os bichos no ringue é uma alternativa certeira para segurar a onda nessas horas e tirar de letra as tensões e a ansiedade do dia a dia. "Todo tipo de luta e arte marcial é ótimo para eliminar a energia interna represada e recuperar o equilíbrio e a calma", fala o psicólogo do esporte João Ricardo Cozac, de São Paulo. Ou seja, passar alguns minutos socando um saco de areia é tiro e queda para mandar embora a raiva, a irritação e o nervosismo. Um estudo publicado na revista científica americana Psychology Today comprovou: pessoas que praticam artes marciais com frequência têm níveis mais baixos de stress e mais altos de autoestima e inteligência para enfrentar situações difíceis do dia a dia.

4. Sexo a milQuando você começa a praticar uma luta se sente mais capaz, poderosa e autoconfiante. Sem contar as mudanças no corpo, que fica mais forte e definido e faz com que se sinta mais bonita. Tudo isso já é suficiente para melhorar sua vida na cama, afinal, a gente sabe que autoestima em dia é chave para transar mais gostoso, sem neuras com gordurinhas ou celulite. Junte a esse benefício outras habilidades que esse tipo de treino desenvolve - flexibilidade, agilidade e resistência - e o resultado é mais energia e diversão a dois. E um nocaute (de prazer, é claro) no seu parceiro.

5. Cérebro tinindo
Para uma lutadora, o treino mental é tão importante quanto o condicionamento físico e a força - controlar as emoções e os pensamentos negativos durante o combate é o segredo para a vitória (ou, pelo menos, para não ir ao chão). "Na aula, é preciso ter foco no adversário e atenção para coordenar os golpes e evitar lesões", explica Fábio Grieco. Um estudo da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) concluiu que a prática de artes marciais contribui para melhorar o nível de concentração em crianças e jovens com transtorno de déficit de atenção, de modo que os prejuízos na vida adulta sejam menores. Se você já é grandinha e o que procura é mais foco no trabalho e menos esquecimento (do aniversário dos amigos, de onde colocou as chaves do carro...), tem muito a ganhar indo à luta.

6. Sem dor nas Costas
A barriga retinha e definida de quem pratica alguma modalidade de luta é resultado da malhação pesada que essas aulas são para o core (a musculatura que inclui abdômen, glúteos e parte de baixo das costas), que é o centro de força do corpo. Em outras palavras, é ele que dá sustentação à coluna e garante que você resista em pé aos ataques do oponente durante o treino. De quebra, fortalecer esses músculos é fundamental para estabilizar as costas, acertar a postura e prevenir dores. No entanto, quem já sofre de algum desconforto em alguma região das costas não deve sair lutando sem antes conversar com um médico e o professor da academia para saber a causa do incômodo. É que a agilidade e o impacto dos golpes podem acabar piorando a situação e tirando você do combate.

Fonte: Revista Boa forma



18 comentários:

  1. que maravilha em Ale!!! parabéns!!! beijo

    ResponderExcluir
  2. Oie flor...que coisa boa, A.F é muito bom ainda mais quando começamos a gostar e ai vira rotina, e o melhor é quando a balança nos mostra ótimos resultados...
    Beijus!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, a parte da balança é a melhor parte, rsrs, e estou gostando muito de A.F., não gostava de academia, mas me acostumei e qdo não faço A.F., sinto que falta alguma coisa... que bom né??? bjsss

      Excluir
  3. Olá!
    Nossa acho que deve ser tudo de bom fazer box, pelo o que estava lendo.
    Principalmente na hora do estresse.
    Está indo muito bem lhe trará ótimos resultados logo logo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Lú, você nem imagina o quanto é bom, rsrs, sou suspeita pra falar, mas estou gostando muito de muay thai. Meu estresse fica todo lá, é muito legal mesmo! Obrigao pelo apoio!!!! bjks

      Excluir
  4. Queria ter feito tudo certinho assim. parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você consegue amiga!!!!! Estou com você! bjss

      Excluir
  5. Que legal! Tô orgulhosa demais de ti!!! Tenho ctz que logo alcançará as suas metas!

    Um abraço de ursa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cá... Obrigado, espero alcançá-las sim, se não de que valerá tanto esforço né??? bjsss

      Excluir
  6. Oi Alê! Amiga, vc comentou que ia deixar o link para seu face, mas não apareceu nada...
    Ó o link do grupo é:
    www.facebook.com/groups/somosmaisquevencedoras/

    tenta localizar lá, qualquer coisa, me avisa!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, então não apareceu nada.... achei sua página no face, e pedi que me adicionasse... tomara que dê certo desta vez... rsrs. bjss e obrigado!

      Excluir
  7. Olá Ale!! Vim agradecer a visita que você fez no meu blog. Adoreiii!! Como sou iniciante, ainda quase não tenho seguidores e nem muitos comentários, e para mim; pelo menos, isso é muito importante, pois me motiva mais a continuar nessa caminhada! Menina, você é muito esforçadaaaa!! Eu faço 30 minutos de jump 6 dias na semana, mas é só! Não aguento fazer mais nada! E olha que eu já estava me achando kkkkk!! Vou te acompanhando! E força sempre! Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kika, seja muito bem-vinda!!!! Estarei sempre por lá te acompanhando de perto, sei que isso é muito importante pro nosso objetivo! Estou com você! Conte comigo! bjks

      Excluir
  8. Ola amiga! Que bom hem, fazendo td certinho, gostei de ver, tera lindos resultados assim. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amiga!!! Espero ter belos resultados rsrs, conto com isso... bjss

      Excluir
  9. Tá mesmo no maior gás, hein!!! Aproveite!!! Um bjo e lindo dia

    ResponderExcluir